-Objetivos- -Coleções- -Glossário- -Artigos- -Reportagens- -Notícias- -Universo da Filatelia- -Informações- -Peças Filatélicas- -Material Filatélico- -Mercado Virtual- -Bibliografia- -Aceita um cafezinho?- -Contato- -Home-

Lançamento, no quartel do 20º Batalhão de Infantaria Blindado, em Curitiba/PR, do selo personalizado "Ipê e Bandeira" com vinheta comemorativa do Centenário do Nascimento do Sargento Max Wolff Filho


Selo personalizado "Ipê e Bandeira" com vinheta comemorativa do Centenário do Nascimento do Sargento Max Wolff Filho

O 20º Batalhão de Infantaria Blindado, em Curitiba/PR está lançando nesta sexta-feira, 29 de julho de 2011, um selo personalizado comemorativo do centenário de nascimento de seu Patrono, o Sargento Max Wolff Filho.

O Sargento Wolf alistou-se em Curitiba, aos 18 anos, no 15º Batalhão de Caçadores, unidade extinta cujas instalações são hoje ocupadas pelo 20º Batalhão de Infantaria Blindado (20º BIB), em Curitiba (PR). No ano de 1944, apresentou-se voluntariamente para compor a Força Expedicionária Brasileira, integrando a então 1ª Companhia do 11º Regimento de Infantaria (11º RI), em São João del-Rei/ MG

Destacou-se por sua bravura no decorrer da guerra, tornando-se conhecido pelo seu destemor, intrepidez e abnegação.

No dia 12 de abrilde 1945, o 11º RI recebeu a missão de reconhecer a região de Monte Forte e Biscaia, a denominada "terra de ninguém". O sargento Wolf foi voluntário para comandar a patrulha de reconhecimento, que foi constituída por 19 militares que se haviam destacado por competência e bravura em outros combates.

Nessa missão, foi fatalmente atingido por uma rajada de metralhadora alemã, que o atingiu na altura do peito.

Somente vários dias após sua morte, o corpo do sargento Max Wolf Filho foi encontrado. Foi agraciado post mortem com as medalhas de Campanha de Sangue e Cruz de Combate, do Brasil e com a medalha Bronze Star, dos Estados Unidos da América. Foi sepultado no Cemitério Militar Brasileiro, em Pistóia, na Itália; posteriormente, seus restos mortais foram trasladados para o Brasil.

Em sua homenagem, a Escola de Sargentos das Armas, (EsSA) leva seu nome como patrono.

Em 2010, foi criada a Medalha Sargento Max Wolf Filho pelo Decreto nº 7118. Tal medalha é conferida a subtenentes e sargentos do Exército brasileiro, em reconhecimento à dedicação e interesse pelo aprimoramento profissional, que efetivamente se tenham destacado no seu desempenho profissional, evidenciando características e atitudes inerentes ao 2º Sargento Max Wolf Filho.

Fonte:Wikipedia

Esta homenagem do 20º BIB é de especial significado para a filatelia brasileira, pois além da emissão da folha de selos personalizados foi emitido um carimbo comemorativo do evento, tornando possivel o preparo de diversas peças filatélicas de muita importância para os filatelistas que se dedicam a diversos temas importantes da filatelia brasileira e universal, como por exemplo, 2ª Guerra Mundial, Força Expedicionária Brasileira, Heróis Nacionais, Exército Brasileiro, uniformes militares, efemérides e muitas outraa. Assim, além da divulgação do nome e feito de nosso heroi através de correspondências porteadas com o selo personalizado, obliterado com carimbos comemorativo e datador, a inclusão dessas peças nas coleções temáticas será um grande instrumento de divulgação junto ao meio filatélico e a público visitante das exposições que acontecem periodicamente no Brasil e em outros países.

Na qualidade de Presidente da SOFICUR - Sociedade Filatélica de Curitiba, fui convidado para participar da cerimônia de lançamento do selo. Infelizmente, por razões de saúde, não pude comparecer, mas o material que me foi fornecido gentilmente pelo gerente da Agência Filatélica de Curitiba me possibilitou a redação desta notícia.


Carimbo comemorativo

Selo obliterado com carimbo comemorativo

Peça filatélica obliterada com carimbo comemorativo

Meus cumprimentos pela iniciativa, que muito contribui para a filatelia brasileira e para a divulgação dos feitos de um dos grandes heróis de nossa pátria.

João Alberto Correia da Silva
-Home-
Desenvolvimento: João Alberto Correia da Silva