EU ESTIVE NA BRASILIANA 2013

Área de acesso à BRASILIANA-2013

A BRASILIANA é uma exposição Mundial de Filatelia, de caráter competitivo, aberta a todas as Classes de Competição Filatélicas.

Esta foi a quinta edição da exposição, com inauguração no dia 19 de novembro de 2013 e encerramento no dia 25. O local escolhido foi o Pier da Praça Mauá,no Rio de Janeiro. As anteriores, realizadas em 1979, 1983, 1989 e 1993, também aconteceram na cidade do Rio de Janeiro.

Quando tive noticia da realização da exposição, tomei a decisão de visitá-la, por tratar-se de uma oportunidade única de conhecer coleções de alto gabarito, sem a necessidade de viajar para o exterior.

Devido a uma série de fatores, não me foi possível visitar o local da exposição nos dois primeiros dias da programação, nem no domingo, dia 24. Nos demais dias, permaneci admirando as coleções, conhecendo pessoalmente velhos amigos virtuais, assistindo palestras e reencontrando muitos dos amigos que já conhecia de outras exposições ou mostras. Não posso deixar de citar o pessoal dos correios de Brasília, Rio de Janeiro e Curitiba, que já conhecia, e os muitos vindos de todas as regiões de nosso imenso Brasil que, ou me foram apresentados, ou me atenderam com presteza, amabilidade e eficiência, dentro das possibilidades oferecidas pelo local e organização do evento. Embora tenha decidido não citar nomes por receio de esquecer algum de meus amigos, não posso omitir o da "Lourdinha", como é conhecida por todos os filatelistas que freqüentam exposições, e que muito lutou para a concretização da realização deste evento, o da "Lu", gerente da Agência Filatélica de Curitiba, incansável em suas atribuições na BRASILIANA, com a mesma eficiência com que nos atende lá na AF e o da Daviane, Chefe da Assessoria Filatélica da Diretoria Regional do Paraná.

No dia 23, tive o prazer de ciceronar dois amigos filatelistas de Curitiba, o Ricardo Dal Pasqual, Vice-Presidente da SOFICUR e o Paulo W. Sesola, Diretor de Patrimônio, que vieram ao Rio naquele dia, especialmente para apreciar e aprender com as coleções expostas.

Naquele mesmo dia, ao chegar ao recinto da exposição fui convidado a responder a uma pesquisa sobre o evento. Uma das primeiras perguntas, após as usuais: nome, endereço, motivo da visita, etc. , foi sobre o que eu achava de melhor no evento. Como na véspera eu tinha passado por longo tempo "babando" na apreciação da coleção "História Postal do Brasil 1606-1877", de Everaldo Santos, pensei em citar esse fato. Mas optei pelo que mais me impressionou, a facilidade de comunicação entre os visitantes da mostra, devido ao amor comum por nosso "hobby". Tanto nos stands dos correios, do Brasil e de outros países nos dos comerciantes brasileiros e estrangeiros e, em especial, durante a apreciação das coleções, sempre um colega ou vários auxiliavam na interpretação, davam dicas, saudavam todos como velhos amigos. No dia seguinte, já éramos saudados por todos eles com muito carinho.

Já quando perguntado sobre o pior, tive certa dificuldade em responder. Eu prefiro sempre destacar o que vejo de positivo, embora ache que a crítica, quando construtiva, seja importante. Poderia ter citado algumas pequenas falhas, principalmente pouca orientação aos visitantes, a quase que total ausência junto ao público "mortal comum" de membros das entidades filatélicas organizadoras ou participantes do evento, a falta de entrosamento entre os Correios e a Receita Federal, o que provocou demora na liberação de algumas coleções ou estoque de agências de outros países presentes ao evento, a parca divulgação do evento pelos meios usuais da imprensa.

Mas, acabei por optar pelo comentário que mais ouvi nos dias que por lá passei, a falta de espaço para estacionamento de veículos dos visitantes. Confesso que, como não gosto de dirigir, isso não me afetou tanto assim. Mas, bem que poderia ter sido instituído algum tipo de transporte, até mesmo pago, em algum ponto central de fácil acesso, como, por exemplo, o Aeroporto Santos Dumont ou uma determinada estação de Metrô, que nos possibilitasse a chegada ao Pier, sem sobressaltos.

No final, ao ser perguntado que nota daria, numa escala de zero a dez, acabei optando por nove.

Acredito que muitos colegas acharão que minha opinião é muito bondosa. Mas, como participei da organização e montagem de coleções em eventos de muito menor porte, em Curitiba, sei das dificuldades que são enfrentadas. E vi, pessoalmente, o esforço diria que hercúleo de muitos - embora não todos - dos funcionários dos correios, de associados do Clube Filatélico do Brasil, e de alguns filatelistas em procurar informar, ciceronar, orientar, ajudar aqueles visitantes meio perdidos, principalmente os estrangeiros.

À tarde, tive a oportunidade de assistir a uma palestra sobre maximafilia, ministrada pelo senhor Nicos Rangos (Chipre). Com suporte de imagens em "Power-Point", a palestra foi extremamente informativa, embora muitos dos itens abordados já tenham sido suficientemente elucidados pelo Agnaldo, em várias publicações na revista FILACAP, em revistas de sociedades, no COFI e até neste website. A palestra trouxe um entendimento global de uma forma clara e, devido à interação com o público, muito interessante. Fiquei muito contente por, após a palestra, em conversa informal com todos nós, o senhor Nicos Rangos ter afirmado que ao considerarmos a validade ou não de um determinado máximo, devemos levar em conta se ele está sendo analisado para inclusão em uma coleção de caráter competitivo, ou apenas para mostras não-competitivas ou ainda para fazer parte de nossa coleção pessoal. Há muito que compartilho dessa opinião, não só com relação à maximafilia, mas também para todos os ramos da filatelia.

No domingo, 24, a chuva e a opinião de amigos e parentes aqui do Rio quanto ao perigo que é o Centro nos dias em que não há atividade comercial e bancária, me impediram de comparecer. Isto por normalmente fazer o trajeto da Estação Carioca do Metrô até o local da Brasiliana a pé,o que não deixou de ser um saudável exercício, além de me fazer relembrar velhos tempos,quando morava na "Cidade Maravilhosa".

Na segunda, 25, compareci para comprar algum material, principalmente do Vaticano e de Portugal, para atender encomendas de amigos. Aproveitei para assistir ao lançamento do último carimbo comemorativo da BRASILIANA 2013, que faz referência à campanha contra a violência contra a mulher. Escutei, emocionado, as palavras da senhora Maria de Lourdes, sobre quem já comentei, grande incentivadora e lutadora pela realização deste evento.

Despedi-me de todos com pesar, por não ter mais alguns dias para apreciar as extraordinárias coleções expostas.

A seguir algumas das poucas fotos que consegui tirar durante o evento e outras enviadas por amigos. Era tanta coisa para ver, tantos amigos finalmente conhecidos pessoalmente, tão grande o evento, tantas novidades, que a máquina fotografica foi quase que esquecida:

AMIGOS, NOVOS E DE LONGA DATA


BRASILIANA-2013: Pinet e Fernando

BRASILIANA-2013: Estande da CVFI, de meu Amigo Carlos Vieiro

BRASILIANA-2013: Marlon e Lucirene

BRASILIANA-2013: Marlon, João Alberto e Lucirene, rodeados por pessoal dos Correios

BRASILIANA-2013: Da. Claudina, Fernando Castro, João Alberto, Glauber Motta e Alex Maia.

BRASILIANA-2013: Da. Claudina, Fernando Castro, João Alberto, Glauber Motta e Alex Maia.
Foto enviada por Glauber Motta

BRASILIANA-2013: Gerente da AF-Rio e Gabriel Boeiras, durante sessão de autógrafos

BRASILIANA-2013: Agnaldo e Nicos Rangos

BRASILIANA-2013: Maria de Lourdes "Lourdinha"

BRASILIANA-2013: João Alberto, Ernani, Aluisio, Agnaldo

BRASILIANA-2013: Agnaldo, Aluisio

BRASILIANA-2013: Agnaldo, João Alberto

BRASILIANA-2013: Aluisio, João Alberto

BRASILIANA-2013: João Alberto,Lucirene
Foto enviada por Ricardo Dal Pasqual

BRASILIANA-2013: João Alberto,Ricardo, Lucirene, Paulo
Foto enviada por Lucirene

O POUCO QUE FOTOGRAFEI (OU AMIGOS FOTOGRAFARAM) DAS COLEÇÕES EXPOSTAS


BRASILIANA-2013: Acesso ao "Hall of Honor": "FIP Championship Class"

BRASILIANA-2013: "Hall of Honor": "FIP Championship Class"

BRASILIANA-2013: "Hall of Honor": "FIP Championship Class"
Outra visão do conjunto

BRASILIANA-2013: "Hall of Honor": "FIP Championship Class"
The Stamp Booklets of Australia

BRASILIANA-2013: "Hall of Honor": "FIP Championship Class"
The Stamp Booklets of Australia

BRASILIANA-2013: "Hall of Honor": "FIP Championship Class"
História Postal do Brasil 1606-1877, de Everaldo Santos

BRASILIANA-2013: "Hall of Honor": "FIP Championship Class"
História Postal do Brasil 1606-1877, de Everaldo Santos

BRASILIANA-2013: "Hall of Honor": "FIP Championship Class"
História Postal do Brasil 1606-1877, de Everaldo Santos
Foto enviada por Ricardo dal Pasqual

BRASILIANA-2013: "Hall of Honor": "FIP Championship Class"
História Postal do Brasil 1606-1877, de Everaldo Santos
Foto enviada por Ricardo dal Pasqual

BRASILIANA-2013: "Hall of Honor": "FIP Championship Class"
História Postal do Brasil 1606-1877, de Everaldo Santos
Foto enviada por Ricardo dal Pasqual

BRASILIANA-2013: "Hall of Honor": "FIP Championship Class"
História Postal do Brasil 1606-1877, de Everaldo Santos
Foto enviada por Ricardo dal Pasqual

"Hall of Honor": "FIP Championship Class"
Mauritius 1847 Post Office Issue,
Exposta por David Feldman, em nome do autor

BRASILIANA-2013: "Hall of Honor": "FIP Championship Class"
Mauritius 1847 Post Office Issue,
Exposta por David Feldman, em nome do autor

BRASILIANA-2013: "Hall of Honor": "FIP Championship Class"
Mauritius 1847 Post Office Issue,
Exposta por David Feldman, em nome do autor

BRASILIANA-2013: "Hall of Honor": "FIP Championship Class"
Detalhe da decoração

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas
Literatura Filatélica

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas
Painés da Coleção de Máximos Postais de Ernani Santos Rebello, "Shortening distances, the transport evolution"

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas
Painés da Coleção de Máximos Postais de Ernani Santos Rebello, "Shortening distances, the transport evolution"

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas<
Painés da Coleção de Máximos Postais de Ernani Santos Rebello, "Shortening distances, the transport evolution"

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas
Painés da Coleção de Máximos Postais de Ernani Santos Rebello, "Shortening distances, the transport evolution"

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas
Painés da Coleção de Máximos Postais de Ernani Santos Rebello, "Shortening distances, the transport evolution"

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas

BRASILIANA-2013: Área de exposição das coleções competitivas

PALESTRA DO SENHOR NICOS RANGOS


BRASILIANA-2013: Palestra do Senhor Nicos Rangos
Detalhe da apresentação

BRASILIANA-2013: Palestra do Senhor Nicos Rangos
Detalhe da apresentação

BRASILIANA-2013: Palestra do Senhor Nicos Rangos
Destaque de slide

BRASILIANA-2013: Palestra do Senhor Nicos Rangos
Destaque de slide
>

BRASILIANA-2013: Palestra do Senhor Nicos Rangos
Destaque de slide

BRASILIANA-2013: Palestra do Senhor Nicos Rangos
Destaque de slide

BRASILIANA-2013: Palestra do Senhor Nicos Rangos
Destaque de slide

BRASILIANA-2013: Palestra do Senhor Nicos Rangos
Destaque de slide

BRASILIANA-2013: Palestra do Senhor Nicos Rangos
Destaque de slide

BRASILIANA-2013: Palestra do Senhor Nicos Rangos
Momento informal

ESPAÇO DAS OFICINAS, E ATIVIDADES CULTURAIS


BRASILIANA-2013: Aguardando a invasão

BRASILIANA-2013: Aguardando a invasão

BRASILIANA-2013: Aguardando a invasão

BRASILIANA-2013: Aguardando a invasão

BRASILIANA-2013: Oficina Filatélica para grupos escolares

BRASILIANA-2013: Oficina Filatélica para grupos escolares

BRASILIANA-2013: Oficina Filatélica para grupos escolares

BRASILIANA-2013: Oficina Filatélica para grupos escolares

BRASILIANA-2013: Oficina Filatélica para grupos escolares

BRASILIANA-2013: Apresentação de teatro

BRASILIANA-2013: Apresentação de teatro

BRASILIANA-2013: Apresentação de teatro

BRASILIANA-2013: Área de alimentação, decoração inspirada

BRASILIANA-2013: Área de alimentação, decoração inspirada

BRASILIANA-2013: Área de alimentação, decoração inspirada

LANÇAMENTO DO ULTIMO CARIMBO DA MOSTRA - CAMPANHA CONTRA A VIOLÊNCIA PARA COM AS MULHERES


BRASILIANA-2013: Lançamento de carimbo comemorativo

LANÇAMENTO DE LIVROS


BRASILIANA-2013: Lançamento do Livro "Brasil em Festas", fotografias de Luciana Cattani e Gabriel Boieras

INFORMAÇÕES ADICIONAIS SOBRE A BRASILIANA-2013

Até aqui, tentei mostrar o que foi para mim a BRASILIANA-2013.

Algumas fotos dos espaços, de amigos colecionadores, comerciantes e dos correios. Dentro do possível, detalhes de algumas coleções.

Contudo, tive notícia de que a publicação da FEFIBRA, "A Filatelia Brasileira", em sua edição nº 20, de dezembro de 2013 contém, a partir da página 71, artigo do filatelista José Francisco de Paula Sobrinho, intitulado "O que foi a BRASILIANA-2013". O artigo descreve com pormenores a organização do evento e contém fotos, em sua maioria, com grandes nomes da filatelia brasileira e mundial.

O link a seguir dá acesso ao arquivo ".pdf" (aproximadamente 5 MB) desse artigo.


"O que foi a BRASILIANA-2013"
Artigo de José Francisco Paula Sobrinho, publicado na revista "A Filatelia Brasileira"

Cumpre-me destacar que no corpo do artigo, mais precisamente em sua página 78, consta "link" para o site de filatelia canadense "Philabec". Uma vez no site, para ler o artigo "L’exposition philatélique Brasiliana 2013 – Un très grand succès !", de Richard Gratton, FRPSC, AIEP, clicar em LA REVUE e, depois, selecionar a revista de dezembro/2013.

Nesse artigo, além das fotos e referências a grandes filatelistas e organizadores, poderão ser apreciadas algumas imagens de peças filatélicas.

Caso o link constante do artigo do filatelista José Francisco Paula Sobrinho não funcione por algum problema do meu arquivo, o link direto é:


"L’exposition philatélique Brasiliana 2013 – Un très grand succès !" Richard Gratton, FRPSC, AIEP
João Alberto Correia da Silva

************************************************

-Voltar-

Desenvolvimento: João Alberto Correia da Silva